JBCULTURA

NOTÍCIAS, JOGOS AO VIVO E PALPITES DE FUTEBOL

Cursos presenciais para renovar CNH e ‘Um Novo Olhar’ são ampliados para três cidades do interior

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) por meio da Gerência de Cursos e Capacitação (Gecap) ampliou os cursos presenciais de atualização para renovação de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) para as regionais de Nova Andradina, Paranaíba e Corumbá.

“Essa ampliação dos cursos presenciais para algumas regionais é para atender a alta demanda. Resultado de uma parceria também com os coordenadores de educação”, explica o coordenador da Escola Pública de Trânsito (EPT), Emerson Tiogo.

Atualização para Renovação da CNH

O curso presencial de Atualização para Renovação da CNH é destinado a condutores habilitados com Exame de Aptidão Física e Mental vencido há mais de 5 (cinco) anos ou para condutores que na sua formação inicial não tenham recebido instrução de direção defensiva e primeiros socorros.

Para se inscrever o candidato deve acessar o Portal de Serviços Meu Detran ‘meudetran.ms.gov.br’, e no menu Educação, selecionar o curso presencial desejado. Essa atualização tem um custo de R$ 82,31, possui carga horária de 15 horas-aulas e dispensa a necessidade de realização de exame teórico-técnico.

Um Novo Olhar

Outro curso de modalidade presencial que será ampliado para atender a demanda das demais regionais é o “Curso de Reciclagem para Condutores Infratores: “Um Novo Olhar”. Este curso é destinado a condutores que realizaram, ao menos, dois cursos de reciclagem e não obtiveram resultado satisfatório nas avaliações. Ele é gratuito e tem uma carga horária de 15 horas-aulas.

Atualmente, o curso “Um Novo Olhar” está disponível apenas para as cidades de Campo Grande e Dourados. Está prevista ainda para este segundo semestre a abertura da turma em Paranaíba. As demais regionais deverão recebê-lo já no primeiro semestre de 2025.

Para participar, o candidato deve procurar o coordenador pedagógico na agência regional e realizar um pré-cadastro.

Mireli Obando, Comunicação Detran-MS