JBCULTURA

NOTÍCIAS, JOGOS AO VIVO E PALPITES DE FUTEBOL

ENTRETENIMENTO

Primeira noite do XXI Paraíba Junino encanta e público aplaude de pé

O XXI Paraíba Junino, realizado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) em parceria com a Liga das Quadrilhas Juninas de João Pessoa e Federação das Quadrilhas Juninas da Paraíba (FequajunePB), começou às 19h deste sábado (15), reunindo oito juninas que levaram alegria e coreografias bem ensaiadas. Mesmo com chuva, o público foi conferir o evento e se empolgou com as apresentações. Ao todo, até a terça-feira (18), 30 juninas da Paraíba vão passar pela arena montada na praia do Cabo Branco e, na quarta-feira (19), serão eleitos os destaques.

“É um grande prazer para todos nós da Funjope e da Prefeitura de João Pessoa recebermos as quadrilhas juninas de todo o estado da Paraíba. Este é o segundo ano em que realizamos o festival estadual aqui na Capital. A cada ano, estamos melhorando a nossa estrutura para acolher os quadrilheiros e o público. A prova disso é a arena que construímos no Busto de Tamandaré, que já foi testada e aprovada pelos quadrilheiros de João Pessoa”, avaliou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

Segundo ele, todos, público e dançarinos, estão encantados com a organização do festival. Devemos celebrar este momento, um momento forte da nossa política de cultura, de valorização das culturas populares do ciclo junino. Estamos entregando a João Pessoa e ao estado da Paraíba dois belíssimos festivais de quadrilhas juninas”, acrescentou.

A cada noite do evento, serão, em média, oito apresentações. Neste sábado (15), passaram pelo tablado as juninas Jovem, Arraial em Paris, Macambira, Rosa dos Ventos, Chamego Medonho, Limoeiro, Mistura Gostosa e Fazenda Brasil Caboclo.

De João Pessoa, participam as juninas Fogueirinha, que se apresenta neste domingo (16), Lageiro Seco na segunda-feira (17) e Sanfona Branca na terça-feira (18).

Público – Quem é de João Pessoa, já conhece o Paraíba Junino e quem não é, ficou encantado com o evento. De Brasília, o bombeiro militar Marcelo Medeiros elogiou o festival. Ele contou que, na sua terra, também tem quadrilhas, mas não são profissionais.

“Lá em Brasília, os grupos são mais amadores. Estamos aqui a passeio e soubemos do Festival. Gostamos muito porque é gratuito, está bem organizado e tem muitos policiais tanto na rua, quanto lá dentro da arena. Está bem legal o ambiente. Fora as barraquinhas. Já tínhamos vindo a João Pessoa e, que bom que está tendo esse evento”, afirmou.

A terapeuta ocupacional Gabrielle Medeiros, esposa de Marcelo, também comemorou estar em João Pessoa e poder conferir o Paraíba Junino. “Em Brasília, tem festas das igrejas. Então, é lá que as quadrilhas se apresentam. Estou achando tudo muito lindo aqui”, disse.

A nutróloga Eliana Velez, de São Paulo, foi só elogios. “Eu acho que não tem melhor lugar para curtir o São João do que João Pessoa. Temos esse festival lindo que venho acompanhando desde o primeiro dia. Muito organizado, muito seguro, as pessoas muito solícitas. Estou amando e a organização está de parabéns. E, além disso, a cidade é maravilhosa, limpa. Estou apaixonada”, avaliou.

Segurança – O Festival de Quadrilhas Juninas de João Pessoa conta com segurança reforçada e a presença de policiais militares em todos os espaços da arena montada na praia do Cabo Branco.

Por noite, entre Guarda Municipal e Polícia Militar, são mais de 200 agentes de segurança trabalhando exclusivamente no evento, além do patrulhamento normal.

Da Polícia Militar, atuam a cavalaria, motocicletas, ciclopatrulha do Batalhão de Turismo, viaturas e policiamento a pé.

Integração – O trabalho é uma ação integrada da Prefeitura de João Pessoa e Governo do Estado, envolvendo várias secretarias como a Comunicação (Secom), Infraestrutura (Seinfra), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Saúde (SMS), Meio Ambiente (Semam), Segurança Pública Municipal (Semusb) com a Guarda Municipal, Mobilidade Urbana (Semob), Limpeza Urbana (Emlur), Polícia Militar, Samu e Corpo de Bombeiros.

Programação – O Festival Estadual de Quadrilhas Juninas segue até 18 de junho. Já no dia 19, tem os destaques – casais de noivos, rainhas, casais juninos, rainha da diversidade – do estado da Paraíba.

Neste domingo (16), se apresentam as juninas Kaçulinha, Moleka 100 Vergonha, Chamego, Fazenda Nordestina, Fogueirinha e Sanfona de Ouro. A noite termina com show de Douglas Pegador.

Na programação desta segunda-feira (17), entram em cena as juninas Lageiro Seco, Terra dos Fortes, Balanser, Pé de Moleque, Xamego Nordestino, Joia Rara, Manoel Cardoso e Paixão Nordestina.

Já na terça-feira (18), as apresentações serão das juninas Mocidade Junina, Sanfona Branca, Paixão Junina, Explode Coração e Explode Coração, de Uiraúna. O show que vai esquentar a noite será de Nathaly Simões.

Premiação – Para as vencedoras, a premiação do primeiro lugar é de R$ 12 mil; R$ 10 mil para o segundo; R$ 8 mil para o terceiro; R$ 6 mil para o quarto lugar; e R$ 4 mil para a quinta colocada. Do sexto ao trigésimo lugar, cada quadrilha vai receber R$ 2 mil.