JBCULTURA

NOTÍCIAS, JOGOS AO VIVO E PALPITES DE FUTEBOL

ENTRETENIMENTO

Secretaria de Cultura reinaugura Biblioteca Manuel Ignácio modernizada e climatizada – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

A Biblioteca Manuel Ignácio da Silva Alvarenga fica em Campo Grande – Prefeitura do Rio

Após dez meses fechada para obras e intervenções, a Biblioteca Manuel Ignácio da Silva Alvarenga, em Campo Grande, foi reinaugurada de cara nova. A repaginada foi entregue na manhã desta quarta-feira dos namorados (12/6). Mais uma unidade do programa Bibliotecas do Amanhã, que visa revitalizar e modernizar bibliotecas e salas de leitura da rede municipal, com diversidade de conteúdo, climatização, acessibilidade, participação comunitária, sustentabilidade das ações, espaços flexíveis e avaliação contínua. São cerca de nove mil títulos no acervo.

– Mais uma entrega da prefeitura na Zona Oeste. A cidade toda tem prioridade e desafios, mas nós precisamos olhar para quem mais precisa. Havia uma demanda gigante por este equipamento cultural neste bairro que é o maior do Brasil – disse o secretário municipal de Cultura, Marcelo Calero.

A Secretaria de Cultura vem entregando uma série de obras de reforma, modernização e requalificação de 22 de seus 55 equipamentos culturais. Trata-se do programa Cultura do Amanhã, o maior investimento da pasta neste sentido, ultrapassando R$ 75 milhões.

A biblioteca conta com espaços novos e mobiliário adequado – Prefeitura do Rio

 

Com espaços novos e mobiliário adequado, a nova biblioteca poderá atender a um público mais diverso com a implementação de programa educativo, oficinas, atividades, palestras e cursos.

– Nossa ideia é fazer com que a comunidade do entorno entenda que é parte integrante e essencial para o funcionamento, debatendo assuntos importantes como a temática antirracista e de sustentabilidade, trazendo a comunidade para o debate – afirmou a coordenadora do projeto na Graviola, Marjory Rocha.

– Essa é uma das nossas bibliotecas que mais têm acervo de literatura afro-brasileira na nossa rede de bibliotecas públicas – declarou a gerente de Livro e Leitura na Secretaria de Cultura, Aladia Araújo.

Primeira autora infantojuvenil quilombola brasileira, Pituka Nirobe é a gestora da unidade, onde pretende ampliar os conhecimentos e saberes étnicos a partir da perspectiva de personagens quilombolas, que têm a ancestralidade e a memória como bases para a preservação de seus saberes e das tradições locais.

– Uma luta de mais de 40 anos para conseguir um espaço como esse – comentou Pituka, autora de “Pedras, Pedrinhas e Pedregulhos”, narrativa ficcional baseada na relação de cuidados e ensinamentos entre o avô e seu neto no Quilombo da Marambaia.

A Biblioteca Manuel Ignácio da Silva Alvarenga fica na Rua Amaral Costa, 140 (em frente à Igreja do Desterro), em Campo Grande.

São cerca de nove mil títulos no acervo da biblioteca – Prefeitura do Rio

Categoria:

  • 12 de junho de 2024
  • Marcações: Biblioteca Manuel Ignácio da Silva Alvarenga Bibliotecas do Amanhã Cultura livros programa Cultura do Amanhã reinauguração