JBCULTURA

NOTÍCIAS, JOGOS AO VIVO E PALPITES DE FUTEBOL

Banco de Leite do HM une mães que doam e que recebem

Sheila Faria


Secretaria de Saúde

O Dia Mundial da Doação de Leite Materno, comemorado no último dia 19, foi celebrado nesta quarta-feira (29) no Hospital Municipal, com um encontro entre mães doadoras e mães cujos bebês recebem o leite doado.

O encontro foi marcado pelo Banco de Leite do Hospital Municipal com o objetivo de agradecer às doadoras por ajudarem a salvar vidas de recém-nascidos prematuros na UTI Neonatal do hospital. 

“Toda doação entrega felicidade, todo mundo fica feliz quando ganha alguma coisa, um doce, um presente. O leite materno que vocês doam é amor fraterno e solidário, doa vida, felicidade”, disse a psicóloga Maria Aparecida Nunes do Prado, da equipe do Banco de Leite.

Mães de bebês prematuros da Neonatal puderam conhecer, por meio de palestras curtas e um vídeo do Banco de Leite, como funciona a corrente do bem formada pelas doadoras. Elas são orientadas a armazenar o leite excedente que produzem e o próprio Banco busca a doação em todas as casas.

O leite é pasteurizado no hospital, passa por vários testes e é fracionado para bebês prematuros do hospital da Vila e de outros hospitais da cidade. 

“Em um ano, o nosso Banco arrecada a média de 1.330 litros de leite doado. Um pote de leite materno de 200 ml pode alimentar até 10 bebês prematuros em um dia. No mundo, 23 países usam a tecnologia do Brasil como modelo em bancos de leite”, disse a médica Camila Zanin Bissoli, responsável pela avaliação médica das mães que querem ser doadoras. “Vejo a mão de Deus nessas mães”, afirmou.

Emoção

Foi um encontro recheado de emoção. “Só de vir aqui e ver as mães, cujos bebês precisam do leite que doamos, já faz valer a pena. É gratificante ver a estrutura por trás de tudo isso”, disse a doadora Helen Cristine dos Santos, mãe do Otto, de três meses.

Vitória Davi de Gouveia, mãe de Davi, que tem agora 33 semanas e está na UTI Neonatal do Hospital Municipal, não sabia como o Banco de Leite funcionava. “O leite materno doado faz diferença para o meu filho, dá pra ver a evolução. Foi muito bom conhecer como funciona o Banco, quero ser doadora assim que for possível”, afirmou.

O Hospital Municipal é mantido pela Prefeitura de São José dos Campos e gerenciado pela SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina).

Encontro realizado teve como objetivo celebrar e agradecer às doadoras | Foto: Divulgação


MAIS NOTÍCIAS

Secretaria de Saúde